Cidade do México | Roteiro parte 3

IMG_5951

DIA 3 – Pirâmides de Teotihuacan, Basílica de Guadalupe, Lucha libre e a melhor comida mexicana

As Pirâmides de Teotihuacan, também conhecida como Cidade dos Deuses, são uma das atrações mais incríveis do México, e o bom é que elas ficam pertinho da cidade (cerca de 40km), então é sem dúvidas um passeio imperdível. Depois de muito pesquisar sobre a melhor forma de chegar até lá (ônibus normal, ônibus de tour, taxi?) optamos por agendar um uber para nos buscar no hotel as 7h30 da manhã. Antes, demos uma parada para pegar um café delicinha do lado do hotel: veja o post sobre o café (e uma receita do pão!) aqui. 

IMG_5913

E essa foi a melhor idéia de todas, pois conseguimos chegar nas pirâmides por volta de 8h15, o sol não estava muito forte e estava bem vazio, quase deserto. Pudemos subir tranquilamente as pirâmides, com calma, sem aquele tanto de gente aparecendo nas fotos! Os vendedores ambulantes ainda estavam se arrumando pra vender suas coisas… Por volta de 10h, o local começou a ficar mais cheio de turistas, então a dica é, vá cedo. Apesar do céu limpo e com bastante sol, o dia estava bem fresco, tanto que estávamos de casaco.

IMG_5916IMG_5945IMG_6022

O que fazer nas Pirâmides?

  1. Primeiro, subir as pirâmides. Se te falta o fôlego (ou é asmática como eu), mesmo assim, não deixe de subir em pelo menos 1 das pirâmides. Eu subi na do Sol e foi incrível. Elas tem uma escada com corrimão pra te ajudar a chegar lá, e, eu fui devagar e contente, levei minha bombinha claro (hehe) e cheguei! Lá em cima a vista é muito linda, rende várias fotos legais. O Yuri subiu na do sol e na da lua!
    IMG_5976
    no topo da pirâmide do sol (e a pirâmide da lua ao fundo)

    IMG_6031
    Yuri na pirâmide da lua!
  2. Prepare-se para caminhar, caminhar mais um pouco, subir aqui e ali, caminhar, tirar fotos e caminhar mais um pouco. No total são aproximadamente 2 km de sítio arqueológico e você vai ficar com vontade de ver tudo. Lembre-se de levar uma garrafa de água e passar bastante protetor solar, pois o sol é muito forte, mesmo no inverno onde as temperaturas são mais amenas (período que visitamos – dezembro)IMG_6008
  3. Quando estiver na pirâmide do sol (entrada pelo portão 5), dê uma passadinha no museu, que tem vários trabalhos de cerâmica, concha e osso, elaborados pelos antigos habitantes da Cidade dos Deuses.Lá também fica uma maquete com uma vista bem legal do lado de fora.IMG_6065IMG_6067
  4. Bem do lado do museu, você também pode passear pelo Jardim Botânico, área dedicada à conservação de 60% da flora do território mexicano. Dá pra ver abacates, figos, sábila (aloe vera) e cáctus como agaves, biznagas, nopales, cáctus e abrojos.

Como ir para as pirâmides?

Nós tínhamos as seguintes opções: ir de ônibus de turismo, ônibus de linha normal, taxi ou uber. Calculamos os custos, fizemos uma simulação pelo app e decidimos ir de uber. Fizemos o agendamento na noite anterior, pelo próprio app, para nos buscar no hotel as 7h30. nunca tínhamos agendado antes, mas as 7h30, lá estava o motorista nos esperando. A idéia era ir de uber e talvez voltar de ônibus ou pegar outro uber ou taxi por lá. Mas, no caminho, o motorista nos propôs fechar um valor fixo para que ele ficasse por nossa conta durante todo o passeio. Falamos quanto queríamos pagar (pensamos nos valores dos outros meios de transporte, e nos baseamos nos valores que vimos em outros blogs e sites de viagens com roteiro.

IMG_5932

Agora, história legal: o motorista do uber foi muito legal com a gente, bem simpático, tirou várias fotos da gente durante o passeio e, no final, comprou 2 colares em uma das tendinhas de artesanato da pirâmide e nos presenteou, dizendo que o colar era para nos lembrar dele quando voltassemos pro Brasil. Muito amável, né? Daí só pra completar, o nome dele era Jesus! ❤

Bom, nós ainda combinamos com o Jesus de na volta para a cidade, passar na Basílica de Guadalupe, pois também ficava em um bairro mais afastado do nosso hotel, e, é uma rota de passeio que comumente é feita junta,  assim fechamos tudo!

Basílica de Guadalupe

Endereço: Plaza de las Américas núm. 1,  Col. Villa de Guadalupe, Delegación Gustavo A. Madero, C.P. 07050, México, D.F.
Apesar de termos ido de uber, você pode ir de Metrô:  La Villa-Basílica (linha 6)

IMG_6089

Então, logo depois do passeio nas pirâmides, pedimos para o Jesus nos levar a Basílica de Guadalupe. Ela é considerada o maior templo católico do continente americano. Por ano, milhões de pessoas passam pelo local, inclusive, no dia que fomos, estava tendo um encontro e uma missa para os peregrinos.

IMG_6084IMG_6085IMG_6087

O lugar é enorme, é como se fosse uma praça, rodeada por duas Basílicas, uma mais antiga e uma nova. Mesmo muito cheia de turistas e peregrinos, é um local super tranquilo de caminhar e fazer suas orações.

IMG_6099IMG_6094

Dentro de Basílica, fica a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe. Abaixo do altar, em um andar inferior, há um lugar em que é possível observar a imagem de perto! Esse é o local mais visitado da Basílica, de acordo com o Jesus, sempre tem fila. Mas, a fila anda super rápido porque tem uma esteira rolante, que passa logo abaixo da imagem, para que ninguém fique parado ali por muito tempo e atrapalhe ou trave o andamento da fila:

IMG_6096IMG_6097IMG_6088

Depois de bater muita perna, chegamos de volta na cidade por volta de 15h e decidimos ir almoçar no restaurante Casa de Toño, restaurante bem pertinho do hotel, comida barata, local, típica, gostosa e incrível!!! Foi o melhor restaurante que fomos na cidade, porque a comida era autêntica, e o local frequentado por locais (ótimo sinal).

IMG_6135
guacamole, tortillas, quesadilla, flautas, pimenta…

Luta Livre – Arena México

A noite, foi a hora da Lucha Libre! Compramos os ingressos ainda no Brasil pelo ticketmaster, para ver a luta no Arena México. Cada ingresso custa a partir de 125 pesos (aprox. 23 reais!) Nós compramos as cadeiras por 210 pesos (38 reais cada) e eram ótimos lugares, bem perto do ringue.

IMG_6167IMG_6206IMG_6217IMG_6210

Se compensa ir a luta? Nossa cara na próxima foto responde 😀 É um programa imperdível, não tem como deixar de ir! Apesar de sabermos que é tudo combinado, eu ri e me diverti tanto, que meu maxilar saiu de lá doendo. É um programa bem familiar, e as pessoas vão ver a luta mascaradas, de capa, e eles passam a luta na tv, então tem toda uma produção legal com música, etc. Além disso, a melhor parte são as crianças, que piram e ficam gritando o nome dos lutadores, hahaha

IMG_6173

Voltando pro hotel, estava um friozinho bem bem, e decidimos ir novamente (porque não?) na Churreria el moro, pois descobrimos essa outra loja perto do nosso hotel. Tomamos um dos melhores chocolate quente que já tomei na vida, acompanhado claro, de churros.  

IMG_6223IMG_6222IMG_6220

Até a próxima!

One Comment Add yours

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s